Fundos de Investimento

Os fundos de investimentos são uma modalidade que reúne recursos de um conjunto de investidores (cotistas), permitindo assim investir em uma variada cesta de ativos, em diferentes mercados. Esta carteira pode englobar Títulos de Renda Fixa, Títulos Públicos, Títulos Cambiais, Derivativos, Commodities, Ações, entre outros. Quanto mais diversificado o fundo, menor é o risco. Entre suas vantagens está a possibilidade de permitir acesso a investimentos com valores menores do que seriam necessários para investir sozinho.

Ações e Futuros

Ações são pequenos pedaços de uma empresa comercializados na Bolsa de Valores com o intuito de gerar renda para que a empresa possa fazer investimentos, melhorias em sua infraestrutura e outros projetos. Portanto, ao comprar ações de uma companhia, você se torna sócio dela, adquirindo uma pequena porcentagem daquele negócio. Já os contratos futuros são uma modalidade de derivativos através dos quais um investidor se compromete a comprar ou vender determinada mercadoria (commodity) em uma data futura. Assim como as opções, os contratos futuros têm um ativo objeto e uma data de vencimento.

Renda Fixa

Nessa modalidade, você basicamente empresta o seu dinheiro para uma instituição financeira ou empresa para receber o valor de volta, somado aos juros, em um determinado vencimento. CDBs, LCIs, LCAs e LCs são 100% garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito. Esses investimentos possuem proteção total até o valor R$250.000 por CPF (apenas pessoa física) e por instituição financeira.

Fundos Imobiliários

Os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) são formados por grupos de investidores que aplicam recursos em diversos tipos de investimentos imobiliários, tanto para o desenvolvimento de novos empreendimentos quanto em imóveis já prontos. Esses empreendimentos podem ser edifícios comerciais, shopping centers, hospitais, entre outros.

O fundo obtém seus lucros através dos aluguéis recebidos na exploração de locação, arrendamento ou através da venda de imóveis e demais atividades do setor imobiliário. Já o investidor pessoa física receberá esses lucros em sua conta na Braúna isentos de imposto de renda como dividendos.   

COE

O COE é estruturado com base em cenários de ganhos e perdas, selecionados de acordo com o perfil de cada investidor. É a versão brasileira das Notas Estruturadas, muito populares na Europa e nos Estados Unidos. O COE é montado através da combinação de um título de crédito emitido por uma instituição financeira com estratégias em derivativos.Ao criar o COE, o emissor estrutura pacotes de cenários para o desempenho de um ativo ou indexador, que pode ser tanto nacional como internacional. O COE é sempre emitido por um banco e registrado na Cetip.

Por que nos escolher?

Conheça um pouco de nossa história e também dos nossos valores e entenda porque a Braúna Investimentos é a melhor opção para direcionar seus investimentos.

Fale Conosco!

Estamos prontos para te ajudar a escolher as melhores opções de investimento. Entre em contato conosco pelo formulário ao lado ou marque um bate-papo presencial via e-mail ou telefone.