O que é Previdência?

Modalidade de investimento que permite a construção do patrimônio no longo prazo, especialmente pensando na aposentadoria e com benefícios fiscais que você pode ter com essa aplicação.

01. Como funciona a previdêcia?

O dinheiro é aplicado em fundos especialmente constituídos como planos de previdência privada, lembrando que estas aplicações podem ser resgatadas a qualquer momento, estando sujeitas às condições de tributação.

02. Quais são as modalidades?

PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres) Plano de previdência privada indicado para quem faz a declaração completa de Imposto de Renda e contribui para o INSS. Detém benefício fiscal que permite deduzir do Imposto de Renda o valor investido durante o ano, até o limite de 12% da renda bruta anual tributável.

VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livres)

Plano de previdência privada indicado para quem faz a declaração simplificada de Imposto de Renda, é isento ou para quem faz a declaração completa e deseja aplicar mais de 12% de sua renda bruta anual tributável investido em previdência privada.

03. Posso solicitar a portabilidade do meu plano?

A portabilidade nos planos de previdência é um direito de todo investidor. 

O pedido de migração de um fundo para o outro é totalmente gratuito. 
Você pode realizar a portabilidade entre planos da mesma instituição financeira, ou de diferentes instituições sem nenhum problema.

Entretanto, a portabilidade só pode ser realizada entre planos da mesma modalidade, ou seja, se a aplicação foi realizada em um fundo PGBL, só poderá ser portabilizado para outro PGBL.

A mesma regra se aplica ao VGBL. 

A carência mínima para pedir a portabilidade em planos de previdência abertos é de 60 dias.

Seguros de Vida

01. O seguro de vida serve para quem?

Você sabia que o seguro de vida pode ser usado em vida?
Casos como doenças e invalidez mesmo que parcial podem requerer os recursos empregados no seguro de vida.

Uma oportunidade para a recuperação de sua saúde e uma renda para lhe auxiliar neste momento, evitando eventuais retiradas de caixa imprevistas, garantindo a integridade do seu patrimônio.

Também pode ser utilizada para quem busca proteger seus herdeiros, afinal de contas o seguro de vida não entra no inventário, permitindo com isso ser uma fonte de renda rápida para auxiliar os herdeiros que precisarem de recursos com agilidade, além da sucessão patrimonial.